quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Traficantes da mesma facção brigam em Bangu

Disputa interna entre traficantes da facção Comando Vermelho assustou moradores da pequena comunidade do Quarenta e Oito, no Rio da Prata, em Bangu, há uma semana. Um homem foi baleado e acabou preso porque estava com uma espingarda e drogas. Nas imediações, a PM ainda um casal e apreendeu um menor.

De acordo com o serviço reservado do 14º BPM (Bangu) traficantes teriam se desentendido porque os refugiados do Morro do Turano, no Rio Comprido, ocupado esta semana para ganhar uma UPP, teriam tentado ficar com o controle da favela, o que desagradou os bandidos locais. Houve até tiros disparados entre eles. Moradores chamaram a PM, que foi para o local e houve novo confronto.

Jorge Bruno Silvestre Marcelino, de 28 anos, foi encontrado baleado de raspão na perna, na Rua Major Oscar Costa. Ele acabou preso porque estava com uma espingarda calibre 12, 10 cartuchos, 63 pedras de crack, 22 trouxinhas de maconha e um colete à prova de balas da PM. Não se sabe se ele foi atingido por policiais ou traficantes. Ele foi levado para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo.

Perto dalí, na localidade da Vacaria, os PMs prenderam Patrícia Carolina da Rosa Pereira, de 19 anos, com 22 trouxinhas de maconha. Já na esquina entre as ruas Boiobi e Pires Barreto, foi preso Luiz Henrique Barbosa, de 21 anos, com 86 trouxinhas de maconha e um radiotransmissor. A polícia acredita que eles tenham saído da favela do Quarenta e Oito por causa da briga entre traficantes.

Também na Rua Boiobi, foi apreendido um adolescente, que tentou furar uma blitz da PM. Ele dirigia uma foto furtada no dia 13 de maio na área da 34ª DP (Bangu). Ele vai responder por ato infracional análogo a receptação.

Ainda de acordo com os PMs, a presença de traficantes do Turano na favela foi uma surpresa, já que, na Zona Oeste, os refugiados das UPPs tem buscado abrigo na Vila Kennedy, comunidade muito maior.

2 comentários:

  1. É vergonhoso saber que a PM tenha conhecimento que na Vila Kennedy "lixo" de outras favelas estão migrando para aqui desesperadamente por causa da UPP. E como ficamos nisso tudo? É revoltante isso que li no final. Os moradores daqui têm que ficar a mercer desses ratos de esgoto? Cadê o poder do estado? Não fazem nada a respeito? Aqui não tem vielas como no Turano ou outra favela e alias a Vila Kennedy não é favela como se informa em varios outros meios de transmissão a polícia pode entrar a hora que quiser, quando quiser e fazer o que é necessário. Tiroteios estão sendo, em muitas das vezes, frequentes por aqui. Por que não agir com inteligência e prendê-los quando fogem como baratas tontas?

    Vergonhoso!

    ResponderExcluir
  2. É O BONDE DO PAAI POORRA LIBERDADE JAH
    ESTAAMOS COM MAIOR SAAUDADE A UPP QUE SE FODA
    É NOIS MESMO SANTO ANDRÉ 48 BIXO SOLTO ..,.
    VAAMOS TOMA O MORRRIIM POORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.........................

    ResponderExcluir