terça-feira, 1 de junho de 2010

Rio já registrou quatro casos de sequestro em 2010

Existe um mito de que há mais de 10 anos não há sequestros no Rio. De fato: desde 1998, não há mais quadrilhas especializadas em extorsão mediante sequestro, que vitimavam pessoas muito ricas, principalmente empresários.

Vamos então esclarecer o mito. De acordo com a Divisão Antissequestro (DAS), foram registrados quatro sequestros em 2010. Dois deles, foram praticados por policiais que sequestraram parentes de traficantes para levar dinheiro.

Um deles foi o sequestro de Cláudia Guimarães, de 42 anos, irmã do traficante Márcio José Guimarães, o Tchaca, em Março. Dois PMs e um comparsa pegaram Cláudia na associação de moradores da favela Rato Molhado, no Engenho Novo, e exigiram R$ 300 mil de resgate. O delegado Marcos Reimão acredita que a vítima seria executada, já que não tinha o dinheiro.

Já os outros dois casos foram o sequestro de uma chinesa, dona de uma pastelaria em Duque de Caxias, e o dono de um mercadinho, no Morro do Chaves, em Costa Barros. Em três dos quatros casos, os criminosos foram identificados e presos, e as vítimas libertadas sem pagamento de resgate. No outro caso, parte dos criminosos também já teriam sido identificados.

Tirando os casos dos policiais, os outros dois foram tentativas desesperadas de se conseguir dinheiro, uma vez que os criminosos não sabiam sequer quanto pedir de resgate, os valores variavam de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

"As quadrilhas que cometiam os grandes sequestros, estudavam as vítimas, tinham noção do faturamento delas. Eram crimes planejados. Como perceberam que a gente não negociava com eles e que acabavam presos sempre, desistiram do sequestro", constata Reimão.

Uma empresa inglesa com sede em São Paulo e que contava com ex-policiais da Scotland Yard, que oferecia serviço de segurança para grandes empresários, também fechou suas portas nesse período. Como podemos perceber, no entanto, os sequestros continuam acontecendo, apesar de poucos...

Um comentário:

  1. ESSE É O RIO DO SÉRGIO CABRAL!!!

    NÃO ADIANTA FRAUDAR OS NÚMEROS DO ISP , DEPOIS QUE Á INTERNET FOI CRIADA,A SUJEIRA É DESCOBERTA RAPIDO.

    ResponderExcluir