sexta-feira, 11 de junho de 2010

Bandidos pagam até R$ 40 mil por casas nos complexos do Alemão e da Penha

Incomodados com a superlotação de traficantes que vieram de favelas ocupadas por Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), muitos moradores dos complexos do Alemão e da Penha já começaram a vender suas casas e deixar o local. Os compradores são os próprios bandidos, que não tinham local para ficar. O preço dos imóveis, segundo moradores, varia entre R$15 mil e R$ 40 mil. "Obom é que eles pagam em dinheiro e à vista", explica um ex-morador.

Muitos foram morar em áreas distantes do Centro do Rio, como as cidades de Belford Roxo e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e em Sepetiba, Santa Cruz e Cosmos, na Zona Oeste. "Antes, a gente conhecia os bandidos, que foram nascidos e criados por lá. Agora, a gente não sabe mais quem é ninguém. Eu me sinto sem privacidade, invadido", relata um morador.

O medo de operações policiais também contribui para a migração dos moradores. "Do jeito que tem arma aqui, se a polícia entrar vai morrer muita gente", comenta outro homem que foi morar na Zona Oeste. Policiais da 38ª DP (Irajá) que investigam o quartel-general do Comando Vermelho já receberam denúncias de que moradores teriam sido expulsos
de suas casas por traficantes, mas não há qualquer registro formal sobre casos do tipo.

Das 17 favelas ocupadas pelas UPPs, 11 são dominadas pelo Comando Vermelho. A situação dos moradores pode piorar, já queumalistacomas próximas favelas a serem ocupadas, que vazou em março, inclui mais 12 comunidades, das quais nove são dominadas pelo CV, entre elas Salgueiro, Andaraí, Prazeres eMangueira.

Condomínio do CV
Investigadores da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) revelam que a compra de casas na região não se deve apenas à ocupação de favelas pela PM. Existe uma ordem da cúpula do CVpara que todos os gerentes gerais de favelas dominadas pela facção tenham uma casa no Alemão ou no Complexo da Penha. "A intenção é evitar prisões. Como não há operações policiais
por lá há muito tempo, eles se sentem seguros. Muitos bandidos, até de outras cidades, se escondem lá quando estão em evidência e só saem quando são ‘esquecidos’", explica um policial.

De acordo com as investigações, toda a droga vendida pela facção está sendo embalada no Alemão para evitar grandes apreensões da polícia em outras favelas.

2 comentários:

  1. pode vir caveirao quem quize a bala vai come bonde Do coroa rua 12 portando 1 ak trovao pjl pa todos manos Fb e branquinho porta o CV na feia

    ResponderExcluir
  2. Um fator dessa upp's ja pode ser visto na sexta-feira passada... traficantes do alemao na penha e do cajueiro em madureira invadiram e expulsaram os traficantes do morro da serrinha. essa ação foi liderada por um bandido ex-chefe do trafico da serrinha que mudou de lado. e provavelmente os bandidos expulsos q vao ocupar esse no ponto do CV.

    ResponderExcluir