segunda-feira, 26 de abril de 2010

As 24 mortes por bala perdida no Rio em 2009

O relatorio do ISP sobre bala perdida indicou paenas oito mortes no ano passado no Rio, quando, na verdade, foram 24. Como já publicado aqui no blog, uma metodologia equivocada camufla os números. Confira os casos:

1-16/12 - O motoboy Lincoln de Jesus Silva, de 25 anos, morreu na avenida Dom Hélder Câmara, em Del Castilho, atingido por bala perdida que saiu de um tiroteio entre PMs e bandidos que estavam em um carro roubado.

2-28/10 - O estudante Rafael Rocha Ribeiro, de 15 anos, morreu atingido por bala perdida em confronto na favela Mandela, em Manguinhos.

3-25/10- A dona de casa Ana Cristina Costa do Nascimento, de 24 anos, morreu atingida nas costas por uma bala perdida na favela Kelsons, na Penha. Estava com a filha de 11 meses no colo, que foi atingida no braço.

4-24/10 - O camelô Severino Marcelino dos Santos, de 51 anos, morreu após ser baleado na cabeça em um confronto entre PMs e traficantes na favelaVila Cruzeiro, na Penha.

5-12/10- O aposentado Antônio Borges, de 60 anos, foi morto por uma bala perdida na cabeça durante um tiroteio no Recreio dos Bandeirantes. Criminosos roubaram o cordão de um homem na praia e um PM passou a persegui-los.

6-08/09 - Arlete Alves do Nascimento, de 66 anos, que estava dentro de uma van, morreu por bala perdida em Bonsucesso. Foi atingida por um tiro de fuzil na cabeça.

7- 19/07 - William Moreira da Silva, de apenas 11 anos, morreu atingido por bala perdida quando soltava pipa na laje de uma casa, no Morro do Chaves, em Barros Filho.

8- 13/07 - Amarildo Teixeira Cabral, de 46 anos, foi morto quando saía do banheiro de um bar, no bairro Nova Esperança, em Volta Redonda. .Policiais militares contaram que a outra vítima, conhecida até o fechamento desta edição apenas por Moser, era o verdadeiro alvo dos tiros.

9-12/07 - A doméstica Vera Lúcia Rodrigues, 35 anos, morreu baleada durante uma operação da PM no Morro dos Macacos, em Vila Isabel. Os policiais foram ao local reprimir um baile funk que teria traficantes.

10- 08/07 - A estudante Letícia Botelho, que completou 13 anos nesta quarta-feira, morreu no Hospital Getúlio Vargas, na Penha depois de ser ferida por uma bala perdida na barriga oriunda de um tiroteio entre bandidos que haviam acabado de assaltar um banco, na Vila da Penha, na Zona Norte do Rio.

11- 15/06- Sebastião Antero Ramalho, de 43 anos, morreu atingido por bala perdida na Linha Amarela. Houve um ataque de traficantes a PMs que perseguiam um veículo com suspeitos ontem, em Manguinhos. Sebastião chegava em casa quando foi baleado.

12- 31/05 - José Ivo Ferreira foi morto durante a guerra de traficantes no Complexo da Maré. Tinha ido jogar futebol com amigos e quando voltava para casa, foi surpreendido pelo tiroteio. Tentou se proteger mas acabou baleado e não resistiu aos ferimentos.

13- 31/05 - Ana Paula Farias da Luz, de 12 anos, morreu após ser baleada com um tiro no peito na Favela do Jacarezinho, no Segundo a polícia, ela brincava em frente à casa dela quando foi atingida.

14-29/04 - Yasmin Kelvin Barbosa da Silva, de 3 anos, morreu após ser atingida nas costas por um tiro de fuzil durante uma operação de policiais militares do 14º Batalhão (Bangu) na favela Vila Aliança, zona oeste do Rio.

15- 22/04- Zélio Rocha que estava em um ônibus que passava pela Avenida brasil morreu atingido por uma bala perdida. Havia um assalto dentro do coletivo e um PM à paisana tentou reagir e brigou com um dos assaltantes. Teve tiro e Zélio foi baleado mortalmente.

16- 19/04- Taiane Monteiro de Lima, 21 anos, morreu atingida por uma bala perdida quando participava de um churrasco da faculdade, no bairro da Saúde.

17-21/03 - Júlia Andrade de Carvalho, de apenas 8 anos, morreu após ser atingida por bala perdida, na Favela Vila Aliança, em Bangu. Segundo testemunhas, a menina foi baleada quando ocorria um confronto entre policiais militares e traficantes perto de sua casa, na Avenida do Corretor.

18-17/03- Aluísio da Costa, de 38 anos, morreu atingido por bala perdida durante operação da PM no morro da Mineira, no Catumbi.

19- 16/02 - Juliana Chaves Lins da Silva, de 14 anos, morreu baleada com um tiro de fuzil dentro da quadra da escola de samba Imperatriz Leopoldinense.

20- 07/02 - Marta Cristina da Silva, de 14 anos, grávida de quatro meses, morreu atingida por uma bala perdida durante tiroteio ocorrido de manhã no bairro do Engenho da Rainha, na zona norte. O confronto envolveu traficantes rivais dos morros do Urubu e do Engenho.

21- 06/02 - A estudante Luana Rodrigues Junqueira, de 18 anos, lanchava com seu namorado Diego Levindo, de 22 anos, e um casal de amigos, no Habibs da Vila da Penha, nesta madrugada, quando foi atingida na cabeça por uma bala perdida dentro do fast-food. A bala saiu de um confronto entre um PM e um policial civil que brigavam dentro da loja.

22- 01/02 - Sérgio Fernandes da Luz, de 46 anos, morreu atingido por uma bala perdida em São Gonçalo. Ele estava assistindo uma partida de futebol ao lado da esposa no bairro Parada 40 quando ocorreu um tiroteio entre PMs e criminosos.

23- 20/01 - Victor Muanis, de 23 anos, morreu atingido por uma bala perdida ao sair do bar Democráticos, na Lapa.

24- 02/01 - Irani Pereira da Silva, de 43 anos, morreu atingida na cabeça por uma bala perdida. A vítima estava na varanda de sua casa, em Costa Barros, quando foi baleada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário