quinta-feira, 25 de março de 2010

Quer rir? Tem que fazer rir...

A sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Zona Sul, tem sido usada pela produção do filme Tropa de Elite 2 para gravações de cenas. Além de dar um ar de maior realidade, o lugar é bacana e tem uma vista excepcional da cidade. Ao mesmo tempo em que se vê o Pão de Açúcar e o mar, basta olhar para baixo e perceber que a sede da unidade fica praticamente no topo da favela Tavares Bastos, que já foi usada para gravação até de novelas.

Como Tropa de Elite 2 pretende ser fiel à realidade da PM do Rio, até o carro blindado, o famoso Caveirão, tem sido usado nas gravações. O veículo tem sido cedido para que atores simulem os violentos confrontos enfrentados pela polícia. Segundo militares lotados no próprio Bope, o 'empréstimo' tem seu preço. O veículo foi inteiramente reformado pela produção do filme, que o deixou novinho em folha.

Sabe-se que a manutenção de blindagem desses blindados não é feita aqui no Rio. Os veículos precisam ser levados para São Paulo. Confesso não saber o valor de uma manutenção completa do Caveirão, mas certamente não é algo barato, já que apenas os vidros custam algumas centenas de milhares de reais. A pintura é antichamas e etc.

Além de ficar novamente bem na fita com um novo filme, o Bope ainda economizou uma grana para manter um blindado em dia. É como se diz: quer rir? Tem que fazer rir...

2 comentários: