segunda-feira, 15 de março de 2010

Pastores receberiam R$ 20 mil pelo transporte de sete fuzis do MS para São Gonçalo

Na última semana, três pastores da igreja Mundial do Poder de Deus foram presos no Mato Grosso do Sul enquanto traziam sete fuzis para a favela do Martins, em Neves, São Gonçalo. O armamento, de fabricação norte-americana, modelo M-15, calibre 5.56, estava encondido no forro das portas de sob o banco traseiro de um Vectra, na cidade de Miranda. O terceiro evangélico foi localizado em Campo Grande.
A prisão foi feita por Patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal. Segundo a PRF, os pastores receberiam R$ 20 mil pelo transporte da droga. Eles já tinham histórico de realizar cultos em favelas do Grande Rio e chegaram a dizer que iriam a cidade de Corumbá para participar de pregações. Muito nervosos, no entanto, despertaram a atenção dos policiais. Os fuzis teriam sido comprados por R$ 15 mil cada, na Bolívia.
Coincidentemente, dois dias antes, policiais do 7º BPM (Alcântara) e do Bope estiveram na favela de São Gonçalo, dominada pelo Comando Vermelho, onde estouraram até uma casa que seria uma espécie de QG dos traficantes locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário