quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

TV Globo desliza na cobertura da invasão a favela Buraco do Boi, em Niterói

Nesta terça-feira, o RJ TV, da TV Globo, cometeu duas gafes na cobertura sobre a violência no Rio. A primeira delas aconteceu na 1ª edição do jornalístico. O comentarista de Segurança, Rodrigo Pimentel, disse que a invasão da favela Buraco do Boi, em Niterói, nada teve a ver com a instalação de UPPs, alegando que a facção invasora, o TCP, não perdeu nenhuma comunidade para a UPP.

Pimentel, que é um cara competente, deve ter esquecido dos morros do Leme, Chapéu-Mangueira e Babilônia, que estavam sob domínio da facção, liderados pelo traficante Cagado.

À noite, na 2ª edição, foi informado que traficantes da comunidade de Antares, em Santa Cruz, teriam participado da invasão ao Buraco do Boi.

Neste caso, o equívoco foi desconhecer que a favela de Antares é dominada pelo Comando Vermelho, a mesma facção que domina a favela atacada em Niterói. Os invasores eram do Complexo de Senador Camará e de Acari, de acordo com a própria polícia.

Um comentário:

  1. koe voces k sao da coreiaa agoa que o bagulhoo ta ficandoo gostosim no rio os manoo do cv invadidnoo geraal taao fugindo ne jskjsjs

    ResponderExcluir