quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Agentes correm risco para tomar conta da futura sede da Cidade da Polícia

O governo está prometendo para os próximos meses a inauguração da Cidade da Polícia no antigo terreno da fábrica da Souza Cruz, pertinho das favelas do Jacarezinho e de Manguinhos. O local vai abrigar várias delegacias especializadas da Polícia Civil fluminense.

Enquanto a Cidade da Polícia não vem, agentes são obrigados a fazer a segurança do local porque equipamentos já estão sendo levados para a futura sede. Todo dia, por 24 horas, os policiais se revezam na vigilância. São quatro equipes de três policiais (ou três grupos de quatro, não sabemos bem) que ficam no galpão tomando conta de tudo, armados de fuzil, é claro.

O problema é que a bandidagem do Jacarezinho e de Manguinhos é armada até os dentes e pode perfeitamente chegar por lá e atacar os policiais. 12 agentes, mesmo com fuzil, é muito pouco para enfentar um grupo de 50 traficantes, por exemplo.

3 comentários:

  1. ta ligado mandelaa e o perigoo mais de 100 bicos na firma do papai junto com os manos do jaca o bagulhoo fica seerioo cv rl

    ResponderExcluir
  2. alguém tem informações sobre o acerto de contas entre traficantes da nova holanda no ultimo fim de semana?

    ResponderExcluir
  3. vagabundo pode ter quantidade mas não tem qualidade cada pm vale por 20 bandidinho!!kkkk

    ResponderExcluir