segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

PMs do caso AfroReggae continuam presos

Apesar do pedido de revogação de prisão feito pela defesa dos PMs envolvidos na morte do coordenador do grupo AfroRegge, Evandro João da Silva, em outubro, eles continuam presos. Na última quinta-feira, a juíza Ana Paula Barros negou o pedido.

Na decisão, ela alega que "a prisão do capitão Dennys Bizarro e do cabo Marcos Sales deve ser mantida para garantir a ordem pública e evitar uma possível intimidação das testemunhas por parte dos acusados".

Ainda na opinião da magistrada, a eventual liberdade dos policias poderia causar ainda mais descrédito do Poder Público. "a conduta dos policiais, caso ela realmente seja comprovada no decorrer da ação, revela-se mais grave do que aquela praticada pelos bandidos a quem têm o dever legal de combater", argumenta.

As testemunhas de defesa serão ouvidas pela juíza Ana Paula Barros no próximo dia 17, ao meio-dia, na Auditoria da Justiça Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário