quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Barbárie em Cabo Frio

E mais uma vez a chapa esquentou em Cabo Frio, na Região dos Lagos. O taxista Roberval de Oliveira, de 42 anos, foi morto a tiros e seu corpo foi queimado dentro do próprio táxi, com o qual trabalhava, na noite de segunda-feira. Traficantes da favela do Lixo, dominada pelo Comando Vermelho, decidiram matar o taxista simplesmente porque ele descumpriu a ordem de circular pela comunidade após às 22h.

Detalhe: Roberval morava há mais de 20 anos no local. Era casado, tinha três filhas e ainda sustentava o pai, idoso. Ele foi morto a 30 metros de casa e a família presenciou o crime. Uma de suas filhas teve de ser internada em estado de choque.

Na noite de terça, traficantes do TCP tentaram invadir a comunidade do Lixo. No confronto, um bandido conhecido como Di foi morto e outro criminoso baleado. Uma criança de 11 anos também ficou ferida no confronto.

Escolas e o comércio no entorno da comunidade do Lixo ficaram fechados durante toda a manhã de hoje. O clima é tenso no local.

3 comentários:

  1. essas pessoas viveriam melhor pagando apenas 30 reais por mês (valor simbolico), mas como a maioria das pessoas que moram em comunidades carentes , não pagam IPTU..LUZ...ÁGUA...acham que pagar 30 reais por seguranças e Tranquilidade é muito.
    então que continuem vivendo ao lado de traficantes

    ResponderExcluir
  2. moro em cabo frio e aki é tão violento quanto ou mais que o rio de janeiro, (proporcionalmente pelo numero de habitantes) todo dia morre meia duzia e a maioria das coisas não é divulgada!!!

    ResponderExcluir
  3. sahusahsuah tao violento como o rio entao vem ca na cidade alta vai ve o melho do rioo bazuca descartavel se ligaa aqui cai aguia da pm cabo frio violento aqui e tipo bagda se ligaaa otariooo

    ResponderExcluir