sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Jornalistas humilhados em evento no Rio Centro

Na última quarta-feira (21) praticamente toda a imprensa do Rio de Janeiro se dirigiu para o Rio Centro onde era realizado um congresso promovido pela Associação Brasileira de Viagens (Abav). Mas o interesse não era o evento em si e sim a presença da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, futura candidata do PT à Presidência. Ao chegar ao local, Dilma afirmou que falaria somente no final após discursar para o público.

Pois bem, os jornalistas esperaram mais uma hora por causa desta chatice. No final, um fiscal disse que os jornalistas teriam que se dirigir a uma outra porta onde a ministra concederia entrevista. A imprensa se deslocou e ao chegar ao local marcado, os assessores e seguranças disseram que Dilma já tinha ido embora. Entretanto, foi montado um cordão de isolamento no qual os jornalistas, além de não poderem falar com a ministra, simplesmente foram impedidos de deixar o local e ir embora cada um para a sua redação.

Ficou uma ensebação de mais de dez minutos, com os repórteres presos em um corredor não podendo sair para nada. Muitos se revoltaram e tentaram furar o bloqueio. Alguns conseguiram. Não permitir que se fale com a ministra até passa, agora ser impedido de ir embora é quase que um cárcere privado. Grande absurdo!

Um comentário:

  1. jornalistas cansam de dar noticias manipuladas pra beneficiar determinadas pessoas , jornalista cansam de defender os "amigos" quanto algum faz uma besteira.
    jornalistas adoram crucificar policiais.
    pimenta nos olhos dos outros é refresco né!?

    ResponderExcluir