segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Imprensa e polícia paulistas pouco entendem da geografia do tráfico no Rio

Mês passado, a polícia paulista fez uma descoberta quente: munições desviadas da Polícia Militar de São Paulo estariam abastecendo traficantes da favela da Rocinha. Um sargento, que seria um dos responsáveis pelo esquema, acabou sendo preso. O assunto foi pouco, ou nada divulgado, no Rio de Janeiro.

O assunto começou a pipocar quando uma mulher foi presa com várias munições para fuzil em um ônibus que seguia para o Rio em julho. A investigação seguiu e a polícia de SP confirmou que as balas pertenciam a um lote vendido à PM paulista.

Entretanto, a polícia vendeu o peixe e a imprensa comprou de que as munições iam para o Comando Vermelho (CV). Mas a Rocinha, para quem ainda não sabe, é dominada há cinco anos pela facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA), tão poderosa quanto o CV e sua inimiga ferrenha.

E um jornal de grande circulação em SP publicou essa idéia, de que a Rocinha é CV.

3 comentários:

  1. tbm marcelo o ada acabou de conquistar mais uma vavela a baixa do sapateiro

    ResponderExcluir
  2. ROCINHA é A.D.A. BONDE DO MESTRE

    ResponderExcluir
  3. Baixa do sapataeiro ADA, o Anônimo deve ser de São Paulo, rsrsrsrs. Faz o seguinte vai lá e gritra ADA para vc ver qual será a reação do bandidos.

    ResponderExcluir