quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Farsa Nacional de Segurança pode voltar em 2016

Mal o Rio foi eleito sede da olimpíada de 2016, as autoridades da área de Segurança Pública já tornaram a falar na presença de agentes da Força Nacional de Segurança (FNS) na cidade, no período dos jogos.

Tropas da Força Nacional estiveram no Rio de janeiro de 2007 a setembro de 2008 e um dos trabalhos que fizeram foi a ocupação do entorno do Complexo do Alemão, que à época travava uma 'guerra' com a PM, que fazia operações diárias nas comunidades da região.

Para provar que a gastança de dinheiro com a FNS foi de pouca valia, vamos recorrer aos números oficiais sobre a criminalidade na cidade do Rio, no período em que as tropas estiveram por aqui.

Considerando apenas o ano de 2007 (para efeito de amostra), na comparação com 2006, foram registrados queda nos seguintes itens: apreensão de drogas (-1.003 casos), apreensão de menores (-254), e menos armas apreendidas (-1.630), além de menos prisões (-1.139). Com relação aos crimes, subiram os roubos (+7.125) e os furtos (+9.424).

Por causa dos ações policiais, subiram também os casos de auto de resistência (+229) e os policiais mortos em serviço chegaram a 30, visto que em 2006 haviam sido 25. Foram reduzidos ainda os casos de extorsão (-557) e de homicídios dolosos (-129).

Sufoco do 16º BPM (Olaria)
Se considerarmos apenas a área que abriga o Complexo, a Aisp 16, a atividade policial registrou aumento nos índices mais importantes. As prisões passaram de 234 para 500, as apreensões de drogas de 148 para 223 e as armas apreendidas de 538 para 631, ainda na comparação entre 2007 e 2006. Esse números, no entanto, devem-se às operações da PM, principalmente do 16º BPM (Olaria) na região. Prova disso são os casos sempre duvidosos de auto de resistência, que passaram de 63 para 171, ou seja, quase triplicaram.

Os homens da FNS não entravam nas favelas em hipótese alguma e, no início, ainda revistavam carros e moradores. Depois de um tempo, nem isso faziam mais. Acompanhei essa ocupação diariamente durante meses e o que se via eram agentes amedrontados com o poderio bélico dos traficantes. Cheguei a ver um tiroteio em que esses homens se enconderam dentro de uma padaria, junto aos moradores, enquanto um deles dava rajadas de fuzil na lâmpada de um poste, na tentativa de apagá-la sem qualquer sucesso.

Seria muito mais barato e eficiente, 'legalizar' o bico e colocar os policiais daqui para trabalharem nos dias de folga. Tremenda Farsa Nacional de Segurança (FNS)...

4 comentários:

  1. Seu blog é infinitamente melhor do que todos os blogs do online de O Dia juntos. Não sei por que você não tem um espaço lá.

    ResponderExcluir
  2. goato muito deste blog passa muita coisa a respeito das faccoes criminosas do rio

    ResponderExcluir
  3. ESSA NOTICIA E MAIO K.O KKKKKKK FN ADMITIRAM QUE E A FORCA NACIONAL PASSA MAL NO COMPLEXO DO ALEMAO E COMANDO VERMELHO E EM 2016 SE VIEREM VAI SE PIOR AGORA E PA MAIS DE 1000 VAGABUNDO CADA UM COM FUZIL VO DA LHE UM PAPO SO NA GROTA JA TEM 4 .30 E OS FIES DA PH VAI BOTA CAVEIRAO PA FUDE ENOIIS BONDE DO 50 DA GROTA FEXADO COM O BONDE DA PH AI FB MK 2D TAMO JUNTO NAIBA A CDD VAI BOTA PA FUDE TAMBEN TAO PENSANDO KE

    ResponderExcluir
  4. ESSA "FARSA NACIONAL" NÃO SERVE NEM PRA FAZER SEGURANÇA E NEM CONTROLE DE TUMULTO EM UMA CRECHE , IMAGINE PATRULHAR O RIO.

    ResponderExcluir