sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A palhaçada do serviço 102

Antigamente, quando precisávamos de um número de telefone, discávamos 102, uma pessoa da telefônica atendia, recebia o pedido e imediatamente uma gravação informava o número.

Agora, o serviço está uma grande palhaçada. Você disca 102 e para conseguir o que quer, é um parto. Primeiro, a gravação diz o seguinte: se você deseja saber o número de um telefone que mudou, digite 1, se quer auxílio as listas, digite 2. Se você digitar 2, perguntam, se você deseja o número de um telefone comercial, digite 1, e por aí vai.

Depois disso, a mesma gravação pergunta qual a cidade que você quer falar, a sua voz é gravada e eles repetem o que você falou e pedem uma confirmação. Em seguida, perguntam de quem é o telefone. Você tem que falar o nome da pessoa ou empresa e, parece que tem que falar alto, porque eles perguntam várias vezes. No final, se eles não entenderem, dizem que o número do telefone não foi encontrado.

Muita babaquice...

Nenhum comentário:

Postar um comentário