segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Número de policiais mortos no Rio já passa de 80

Apenas no último fim de semana, três policiais foram mortos no Grande Rio. Todos militares. O caso mais recente foi o do cabo Alexandre Pires, de 38 anos, assassinado dentro de um condomínio fechado na Rua João Adil de Oliveira, em Irajá, na Zona Norte do Rio, neste domingo. Segundo testemunhas, cinco bandidos com fuzis e pistolas abordaram o policial e fizeram pelo menos 20 disparos.

No sábado, o soldado René Sátiro de Oliveira, 40 anos, foi encontrado morto dentro de um Fiesta na Rua Lauro Camargo, próximo ao Morro do Chapadão, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Um dia antes, o cabo Sérgio da Cruz, 39 anos, havia acabo de sair do serviço e tinha se encontrado com o filho, de 16 anos, em um bar no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio. Morador de Água Santa, o PM foi surpreendido por dois homens armados, que invadiram o estabelecimento efetuando disparos contra ele.

Esses foram apenas os casos mais recentes. Somente este ano, 85 policiais já foram mortos, dos quais 75 PMs e 10 civis. Penso que a secretaria de Segurança deveria criar uma unidade especializada na investigação de homicídios tendo policiais como vítimas. Independentemente de estarem envolvidos com crimes ou não, são casos que deveriam ter rápida elucidação. E as corregedorias parecem estar fazendo muito pouco.

Confira o número de policiais mortos por mês:
janeiro - 9
fevereiro - 13
março - 13
abril - 10
maio - 13
junho - 5
julho-7
agosto - 4
setembro (até domingo, dia 20) - 11

A lista completa com todos os detalhes pode ser vista no blog da colega Roberta Trindade, do jornal O Povo. (http://robertatrindade.wordpress.com/estatistica/)

2 comentários:

  1. faltou dizer qtos estavam de folga, mais da metade, com certeza

    ResponderExcluir
  2. È pouco ainda,tinha que morrer mais.......

    ResponderExcluir