sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Coleguinhas tentam 'sacanear' Bartô na Dcod


No alto de seus 1,56 m, o nosso querido Bartolomeu Brito não tem nada de bobo. Apesar de ser o 'repórter de polícia' mais experiente em atividade, com 50 anos de serviços prestados ao jornalismo, ainda tem gente que tenta pregar uma peça no querido Bartô.
Mais ou menos 15 dias atrás, os coleguinhas estavam na sede da Dcod, onde entre outras coisas era apresentado um enorme rifle (foto), apreendido em Acari e usado em outros países para caçar elefante. De origem tcheca, o CZ 550 usa munição calibre 458, um pouco menor do que a .50 e é difícil de encontrar, segundo a polícia.

O que o Bartô tem a ver com isso? Ah sim, ele estava na delegacia e durante todo o tempo e os coleguinhas ficaram pedindo para ele segurar o tal rifle, visto que colocado de pé deveria ter mais ou menos a mesma altura do nosso colega. Tentaram disfarçar, pedir como quem não quer nada, mas, escaldado, Bartô não deu esse mole. Até que a foto seria boa mesmo...

"É ruim, hein. Todo mundo querendo me fotografar pra depois botar na internet", reclamou ele. Anos atrás, Bartolomeu foi fotografado ao lado do jogador de basquete Oscar Schmidt e, pelo visto, aprendeu a lição. É isso aí, Bartô!

7 comentários:

  1. O que é isso gente? Vamos respeitar nosso querido colega que é uma 'lenda viva' do jornalismo. Mandou bem, Bartô! Não dá mole não!

    ResponderExcluir
  2. já sacaneiam muito o bartô na redação do jornal

    ResponderExcluir
  3. Quando a galera foi ao milharal, Bartô já tinha terminado a canjica. Nego quer dar volta logo no cara que tem 50 anos de rua. Ou seja, tem "coleguinha" que se acha malandro, justamente o único defeito do otário... Já não se fazem jornalistas como antigamente, né, Bartô?

    ResponderExcluir
  4. É Bartozinho e mais 10 cumpadi hehweheh

    ResponderExcluir
  5. já aconteceu várias vezes: a chefia manda o bartô ficar na escuta da redação e manda os focas queridinhos para a rua para apurar

    ResponderExcluir
  6. Bartozinho é paciente até quando fica na escuta. Tranquilo e dedicado. Que é experiente não é nem preciso falar. Mas é uma pena não ter visto essa cena. Bartô MENOR que um rifle. Seria hilário.

    ResponderExcluir