terça-feira, 4 de agosto de 2009

PM poderá botar pra fora policiais do 4º Batalhão acusados de extorsão

Dois policiais militares do 4º Batalhão (São Cristóvão) vão a conselho de disciplina acusados de extorquir um homem que fazia sexo com uma garota de programa em São Cristóvão. O episódio ocorreu em 27 de janeiro deste ano.

O cara pegou a prostituta ainda na Quinta da Boa Vista e a levou para a Rua Francisco Eugênio. Lá, foi abordado pelos dois PMs que, com a alegação de que estariam transando em local público, exigiram R$ 300 do rapaz para não o levarem em cana. Ele só tinha R$ 50 mas os policiais não aceitaram e o obrigaram a dar a grana toda.

Os suspeitos, então, confiscaram o rádio do carro e o conduziram até uma agência bancária para sacar o dinheiro. Como não conseguiram no dia, pediram o número do celular do cara e ligaram no dia seguinte para confirmar o pagamento e acertar a devolução do equipamento.

A vítima registrou queixa na 1ª DPJM. Os PMs poderão ser expulsos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário