terça-feira, 25 de agosto de 2009

Matérias inúteis que a imprensa adora: carros de luxo apreendidos

Outro dia li nos jornais e nos sites noticiosos que o jogador Léo Moura teve o carro rebocado durante uma blitz no Rio. O motivo? IPVA atrasado e um agente da lei que não veio com aquele papo de cervejinha.

Fato é que esse tipo de notícia, sem qualquer relevância ou interesse público, é cada vez mais comum, principalmente nas camadas mais populares da mídia. Os próprios órgãos de trânsito avisam aos jornalistas quando um carrão (como o Audi da foto) é apreendido por qualquer que seja o motivo. Quando os carrões são muitos, maior alegria das autoridades e de alguns coleguinhas. Os carros de luxo respondem por 35% das apreesões do Detran-RJ.

Particularmente acho isso uma tremenda 'bundice', como chamamos os assuntos irrelevantes. É claro que todos devem pagar seus impostos, entre eles o IPVA, mas a preocupação das autoridades e da imprensa deveria estar focada nas sucatas que andam por aí atrapalhando o trânsito e, não raro, provocando acidentes. Carros sem qualquer condição de circular, mas que passam batidos em vistorias e fiscalizações em geral.

Esses sim deveriam ganhar o merecido destaque e uma vaguinha no ferro-velho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário