sexta-feira, 24 de julho de 2009

Militar rouba até papel de quartel

Um sargento da Marinha e um servidor público foram denunciados pela Procuradoria de Justiça Militar no Rio de Janeiro por furto de 760 resmas de papel A4, do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga).

O crime ocorreu no dia 16 de abril deste ano. Um sargento, aproveitando-se do cargo de gestor de material do Ciaga, subtraiu as resmas, que estavam distribuídas em 76 caixas e levou-as para uma casa no município Belfort Roxo com a ajuda de um motorista. O material furtado foi avaliado em R$6.840,00.

De acordo com os autos, a Polícia Militar entrou em contato com um oficial de inteligência do Ciaga após o recebimento de denúncia anônima informando que militares, em caminhão da Marinha, estariam depositando material de forma suspeita em uma casa no município. Interrogada, a dupla confirmou o crime e mostrou onde a carga roubada estava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário