segunda-feira, 13 de julho de 2009

Mãe preocupada cita repórter em depoimento na DP

Lembra-se do recente caso da jovem que acusou quatro rapazes de a violentarem sexualmente dentro de um condomínio na Barra (e que a história parece não ter sido exatamente essa)? Pois é, a cobertura desse caso também tem um bastidor engraçado envolvendo coleguinha.

No dia seguinte ao fato, era preciso ter uma 'suíte' (continuidade da matéria) e vários repórteres correram atrás dos jovens acusados e de seus familiares, pra ver se alguém falava alguma coisa e aquela mesma coisa de sempre. Mera obrigação.

Um repórter foi até a academia onde um dos rapazes malha com uma foto dele na mão perguntando a funcionários se o citado jovem estava no local naquele momento. O mesmo colega conseguiu o número do celular do acusado e telefonou. Quando a mãe atendeu, ele disse ser um amigo de nome Juninho, mas é claro que não conseguiu falar com o jovem.

O curioso é que todas essas informações constam do depoimento da mãe deste jovem, que soube que uma pessoa procurou pelo filho dela na academia e atendeu o telefonema do repórter, que disse ser o amigo Juninho. Pena que o acusado não tem qualquer amigo com esse nome. Ao ler o depoimento, só descobri tratar-se de um colega, quando a mãe do acusado cita o número do celular que ligou pra ela: exatamente o que estava com o colega no dia em que ele tentou fazer essa suíte.

Muito bom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário