quinta-feira, 2 de julho de 2009

CGU investiga milícia no Centro de Cabo Frio

A Corregedoria Geral Unificada (CGU), órgão que investiga as duas corporações policiais e o Corpo de Bombeiros, decidiu abrir Sindicância Administrativa Disciplinar para apurar a suposta existência de uma milícia no Centro da cidade de Cabo Frio.

A CGU recebeu um informe da Polícia Federal de Macaé alertando sobre uma suposta cobrança por segurança no município, entre a Banca de Serviço da Casa de Câmbio até a Praça em frente a uma empresa de telefonia. Neste trecho, haveria 53 lojas. Um oficial e sargentos da reserva da PM seriam responsáveis pelo esquema.

De acordo com a denúncia, os milicianos impuseram uma taxa obrigatória e, quando questionados, fariam ameaças. Pelo relatório da CPI das Milícias da Alerj, grupos paramilitares estariam presentes na Região dos Lagos em Araruama (Praia Seca), Saquarema (Bacaxá), Cabo Frio e São Pedro da Aldeia.

Um comentário:

  1. fernando do nascimento13 de outubro de 2009 21:09

    Na cidade de cabo frio existe melicia da saúde melicia no poder publico aqui tem melicia de tudo só não ver quem não quer. medo da reprezalia. em no glogdoalarircorrea.com.br vcs vão ver que não estou inventando. Sro Marco da rocha mendes cometeu e vem cometendo todo tipo de crimes. ele é recordista em processos pode ver MPE MPF MP TRE cabo frio tre RJ nunca vi tanta corrupção na minha vida. e certesa da impunidade. eu me responsoabiliso pelos meus atos. tanta injustiça nesta cidade obrigado

    ResponderExcluir