sexta-feira, 26 de junho de 2009

Sair da Barra para Jacarepaguá no fim da tarde é um verdadeiro suplício

Um Coleguinha

Sair da Barra para Jacarepaguá no fim da tarde é um verdadeiro suplício *Zé do Brejo Quem sai da Barra da Tijuca em direção a Jacarepaguá por volta das 17h30, 18h, vive uma via crúcis, semelhante a quem pega a ponte Rio-Niterói engarrafada ou a Via Lagos durante o Carnaval. O trânsito é catastrófico, principalmente para quem usa ônibus.

Na última terça-feira foi assim. Sai do Cittá América por volta das 17h30, peguei um ônibus que me deixou no Barra Shopping, onde pegaria outro com destino ao Méier. O 690 (Méier-Alvorada), via Linha Amarela, era o que servia. Só que este coletivo, antes de pegar a via expressa, dá ainda uma grande volta por Jacarepaguá.

Pois então, ao entrar na Avenida Ayrton Senna, o trânsito simplesmente não anda até o Via Parque. O trajeto que se faz em cinco, 10 minutos, passou dos 40 minutos. O ônibus dá uma andadinha de 30 segundos e fica parado outros 5 minutos. O pior é que os coletivos não usam uma terceira faixa da pista, que fica praticamente vazia.

Em Jacarepaguá, outro trecho caótico na Avenida Geremário Dantas entre a estrada dos Três Rios e a saída para a Linha Amarela, no Pechincha. É insuportável. Os veículos circulam a passos de formiguinha.

Para piorar a situação, um ônibus da linha 690 enguiçou fazendo com que todos os passageiros entrassem no ônibus em que este relator estava. O coletivo ficou superlotado e, mesmo assim, pessoas que estavam nos pontos queriam entrar nele de qualquer maneira. O cobrador disse que, mesmo não cabendo mais gente, o motorista é obrigado a parar toda vez que alguém fizer sinal sob pena de tomar uma multa. Muitas pessoas se amontoam na frente do coletivo sem poder passar na roleta. Não há nenhum controle sobre a lotação. Falta bom senso das empresas, dos funcionários e dos passageiros.

Moral da história, cheguei em casa quase às 19h30.

2 comentários:

  1. Pois é Caro Marcelo Bastos! Falta um planejamento por parte da engenharia de trânsito, que nada faz para mudar essa situação. Durante quatro meses vivi esse sofrimento, pois saia de um curso em Copacabana as 17hs e chegava na Freguesia/Jacarepaguá, por volta de 19hs. Perdia um tempo monumental entre o Downtown e o Barrashopping. Era o primeiro tempo do caos! A segunda parte era entre o prédio da vivo até o Via Parque. Ninguém merece esse trânsito da Barra até Jacarepaguá.

    ResponderExcluir
  2. Daqui a pouc, caro Rafael, vamos fazer como os paulistas, que medem o tamanho dos congestionamentos... Está cada dia pior.

    ResponderExcluir