terça-feira, 23 de junho de 2009

Fernandinho Beira-Mar poderá mudar de casa mais uma vez

A imprensa do Norte brasileiro vem divulgando a informação de que o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar deverá, em breve, ser transferido para o novo presídio federal de Porto Velho, capital do Estado de Rondônia. Consta ainda rumores de que outro bandidão, Marcos Williams Herbas Camacho, o Marcola, líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), iria no mesmo 'bonde'.

Beira-Mar está na penitenciária federal de Campo Grande (MS), ou seja, bem próximo da região da fronteira com o Paraguai, onde estão concentrados seus principais negócios. Os advogados do traficante, com certeza, caso se confirme a transferência, vão protestar porque vire e mexe estão tentando trazer o cliente de volta para o Rio de Janeiro e sempre perdem na Justiça.

Desde que foi preso em 2001 na Colômbia, Beira-Mar vive uma peregrinação. Além de Campo Grande, já esteve em Bangu 1, Catanduvas (PR), Presidente Bernardes (SP), Maceió (AL), Brasília (DF), Florianópolis (SC). Fora as sucessivas viagens que fez ao Rio de Janeiro para participar de audiências de processos nos quais é réu.

O presídio federal de Porto Velho já está pronto mas a falta de pessoal e a instalação de uma plataforma tecnológica de controle estariam atrasando o início do seu funcionamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário