sexta-feira, 26 de junho de 2009

Absolvidos pela Justiça, 68 PMs acusados de corrupção em Caxias poderão ser expulsos

Os policiais militares que foram acusados em 2007 de receber propinas das favelas Santa Lúcia e Parada Angélica em Duque de Caxias e acabaram sendo absolvidos pela Justiça recentemente, poderão ser expulsos da corporação.

O boletim interno de nº 111 da corporação divulgou que 68 PMs supostamente envolvidos_ que compreendem 9 unidades da corporação_ serão submetidos a Conselho Disciplinar, órgão da PM que decide pela expulsão ou não dos seus servidores.

Os policiais tiveram o porte de arma revogado, a carteira de identidade funcional acautelada e deverão ser encaminhados para a seção de perícia médica de suas respectivas unidades.

No início do mês, 44 PMs citados no inquérito foram absolvidos pela juíza Tula Correa Barbosa, da 1ª Vara Criminal de Duque de Caxias. Ela alegou insuficiência de provas. Na época, o governador Sérgio Cabral ficou indignado com a decisão e disse que não queria que os PMs voltassem às ruas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário