sexta-feira, 17 de abril de 2009

Viva os benefícios da Lei de Execuções Penais!

Por Marcelo Bastos

Esta semana, os repórteres Leslie Leitão e eu publicamos no jornais O Dia e Meia Hora reportagens sobre duas lideranças importantes do tráfico de drogas no Rio que fugiram da cadeia após serem beneficiados pela Lei de Execuções Penais. Nei da Conceição Cruz, o Facão, e Márcio José Sabino Pereira, o Matemático (respectivamente os números 2 e 1 da facção criminosa TCP), foram beneficiados pelo trabalho extra-muros, que os permitia trabalhar durante o dia, mas às 20h já deveriam estar de volta ao Instituto Penal Cândido Mendes, para onde foram transferidos três dias antes da fuga de Facão e quatro da fuga de matemático, segunda e terça-feira, respectivamente.

O que chama mais a atenção, no entanto, é que Matemático conseguiu trabalho na Organização Funerária Água Branca, em Realengo (foto), estabelecimento que pertence ao filho da advogada do traficante. E pasmem: a Vara de Execuções Penais (VEP) informou que fez vistoria no local e que estava tudo dentro da normalidade, mas essa informação sobre a propriedade da empresa é que pode não ter sido percebida. Só pode ser piada!

Outra situação ridícula na qual a VEP não viu qualquer problema. A empresa ADG Comércio de Metais e Ferragens Ltda, que empregaria Facão funciona dentro da favela do Timbau, no Complexo da Maré, comunidade da qual o próprio facão é o chefe do tráfico. Mais uma vez a VEP informou que não há qualquer dificuldade em acesso para futuras visitas e fiscalizações. Só se alguém na VEP quiser pagar mais barato por uma porta ou janela de alumínio, porque o traficante Facão eles não vão encontrar lá mesmo.

Só para constar: tanto a PM quanto a Polícia Civil receberam informações de que o primeiro destino de Facão foi o Morro do Dendê, na Ilha do Governador. Na noite seguinte, ele e Matemático estiveram na Coréia, em Senador Camará, onde planejam invadir as comunidades Praia de Ramos e Roquete Pinto, ambas localizadas na Maré e dominadas por milícias. Viva os benefícios da Lei de Execuções Penais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário