sexta-feira, 3 de abril de 2009

Relatório destrincha tráfico na Providência

O Temos Isso? teve acesso a um relatório do processo que corre na 5ª Vara Criminal do TJ-RJ sobre o tráfico no Morro da Providência (foto), na região central da cidade. O processo revela como atua a quadrilha que comanda o comércio de drogas na comunidade. O chefe do morro é Fábio Passos de Oliveira, o Bafinho, mas os donos são os irmãos Leonardo e Evanílson Marques, conhecidos como Sapinho e Dão, atualmente presos. O transporte de drogas e armas no morro era feito em Kombis do transporte alternativo. O encarregado era um homem identificado como Paçoca, que acabou preso pela Polícia Federal (PF). A Providência tem outras comunidades agregadas (Pinto e Pedra Lisa), cujos gerentes das bocas-de-fumo prestam contas a Bafinha.

O traficante conhecido como Bolinho é responsável pela segurança do grupo, distribuindo os 'soldados' por posição para impelir operações policiais. Duas mulheres eram encarregadas de entregar drogas para o bandido Moreco, que está preso, revendê-las na cadeia. Elas levavam os entorpecentes nas partes íntimas. O traficante Peu era o chamado 'braço-armado' da quadrilha e ficava responsável em entrar em confronto com os policiais que adentrassem na favela. E o bandido conhecido como Damião, preso, tinha como função oferecer vantagens indevidas a policiais.

Expulsão de moradores e ataque ao Gpae
O processo tem informações que dão conta que os traficantes estariam ameaçando expulsar moradores caso estes apoiassem as obras do projeto Cimento Social. Traz ainda um trecho que fala que traficantes falavam sobre um ataque a tiros ao prédio do Grupamento de Policiamento em Áreas Especiais (Gpae). Há também dados sobre a localização da bocas-de-fumo na favela 1) do cantão; 2) da praça; 3) do meio da escada; 4) próximo ao terminal Américo Fontenele. Além disso, a sentença informa que, a mando de Dão e Sapinho, o traficante Pedro Paulo da Silva Afonso, o Juca Tigre, teve que deixar o comando do tráfico e passar o bastão para Bafinho. A mudança seria porque Juca Tigre estaria fazendo "muita besteira", expulsando pessoas e mandando matar outras.

Os traficantes da Providência, segundo consta o processo, teriam matado um motorista do transporte alternativo na Avenida Presidente Vargas por causa da cobrança de pedágio. A mulher da vítima, testemunha chave, passou a ser perseguida pelos bandidos e forneceu alguns números de telefones usados pela quadrilha. Um destes foi grampeado pela polícia que, ao interceptar uma conversa, descobriu que uma pessoa iria ser torturada e morta na comunidade e conseguiu impedir o fato.

Outro dado indica que os bandidos da Providência roubavam caminhões de lojas de eletrodomésticos (como a Casas Bahia) e descarregavam as mercadorias na favela. Quem quiser mais detalhes, o número do processo é 2007.001.024227-5.

6 comentários:

  1. quem tem boca fala o que quizer pois esta testemunha chave não é santa,ela é acusada de mandar matar o próprio marido,coitado ele era um grande trabalhador e ela logo depois se envolveu com um policial e tramou para ele também

    ResponderExcluir
  2. nós que somos familiares da vítima falecida não conseguimos mais entra em contato com ela essa tal testemunha chave a tal que era exposa dele o que ela fala não se escreve pois nós da família dele continuamos a morrar no morro...

    ResponderExcluir
  3. manoo a [providenciaa namoral para mi e uma das favelas mai bem armadaas do rioo sem neurozee serrinha vai vermelhaa so pa abrigaa os nossos irmaos da ppg unidos peloo comandoo ate morree ninguem ta nessa faccao de baobeiraa

    ResponderExcluir
  4. porra providencia jaera pra ser ADA , aqles filho da puta do exercito fasilão dero mole no fagulho

    ResponderExcluir
  5. O Bafinho e Sarna Nessa Porra !
    Fexamento com o Alvarenga

    ResponderExcluir
  6. providencia jáá foi um morro , aconteceu muinta judaria ali em cima , eu mesmo já vi muinta , Pablo e tuninho era pra tá vivo ai com nois suando , mais como tem gente que tinha inveja dos mlks , fizeram fofoca deles , se os dois tive-se vivo , duvido que o morro tava assim pow. saudades , pablo , paquito , tuninho e cadinho !

    ResponderExcluir