quarta-feira, 1 de abril de 2009

PM-PE dá detalhes da prisão de suposto pistoleiro de Rio das Pedras

Os jornais O Globo e Extra publicaram uma matéria esta semana sobre a prisão de um homem em Pernambuco que, segundo o Serviço de Inteligência do Ministério Público, estaria contratando pistoleiros na região para atuarem na favela Rio das Pedras, em Jacarepaguá. Esses matadores, segundo as reportagens, receberiam grana para matar uma promotora.

O suspeito, identificado como José Miguel dos Santos Júnior, de 33 anos, trabalhava como motorista de transporte alternativo que servia o Rio das Pedras mas foi expulso. Ele foi preso em Quixadá (PE) quando se preparava para assaltar um malote que levava dinheiro para o pagamento de funcionários da prefeitura desta cidade. Segundo informes da PM local, o malote continha cerca de R$ 260 mil.

Santos Júnior foi preso junto com um comparsa. Com eles, foram apreendidos 1 pistola 9mm, 1 espingarda cal 20mm, um Gol de cor prata, além de 75 papelotes de cocaína. Outros dois cúmplices, que poderiam ser os tais pistoleiros citados pelos jornais, fugiram.

De acordo com a PM pernambucana, Santos Júnior traficava drogas na região e espalhava dinheiro falso pelos municípios de Quixaba, Afogados da Ingazeira e São José do Egito. Ele seria proprietário de uma Casa de Shows.

Nenhum comentário:

Postar um comentário