segunda-feira, 16 de março de 2009

Primeiro Comando de Portugal (PCP)

Há cerca de três semanas, o Departamento do Estado Americano (Dea) divulgou que a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) de São Paulo teria ramificações em Portugal. Essa informação teria como base uma matéria divulgada no ano passado no principal jornal lusitano, o Correio da Manhã, que publicou a suposta existência de um grupo criminoso chamado de Primeiro Comando de Portugal (PCP). A base de atuação do suposto grupo seria a cidade de Setúbal e seria formado por jovens que deixaram favelas brasileiras.

A polícia portuguesa está em cima disso. Em 8 de fevereiro, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve cinco brasileiros suspeitos de participarem do tal PCP. Um deles era um cantor de funk, muito conhecido e que teria vindo do Rio de Janeiro. Nenhum dos presos confirmou a participação, mas ficou a suspeita já que a região teria vários brasileiros em situação ilegal.

No final do ano passado, houve uma reunião da polícia lusitana com a Polícia Federal (PF) para tratar da suposta presença de um membro do PCC foragido da cadeia em território português.

Há informações de que membros do PCP já teriam cometidos assassinatos. É investigada a participação deste grupo na morte de um ourives no ano passado. Mineiro, o asssassino confesso teria vindo de alguma favela brasileira.

A nova facção teria comunidades no orkut e até hino cantado no youtube_ 'Vai embora ignorante porque a chapa vai esquentar. [...] Homem não chora tem que ser agora. Revolucionário, terrorista, sanguinário. Implora, chegou a nossa hora', diz um dos trechos

Algumas frases supostamente ditas por integrantes deste grupo e colocadas na internet foram publicadas em jornais portugueses. “Passe a respeita pois o comando chegou!!!!!
Eu sou do PCP a galera demorou!!!! Passe a respeita pois o comando formou!! PCP demorou mas chegou.”
Eu sou do PCP a galera demorou!!!!!!! Eu mando um recado isso pode crer. Um beijo e um forte abraço pràs gatinhas do PCP!!!! sou PCP pró que der i vier. 100% e nóis ate morre… ai é nóis […] é nóis bonde formado…”

Segundo a imprensa portuguesa, haveria outros grupos criminosos formado por brasileiros no país. Seriam chamados de Bonde do Mal, o Bonde dos Caxabaxa e o Bonde dos 313. A foto acima foi extraída de um jornal português.

Nenhum comentário:

Postar um comentário