quinta-feira, 12 de março de 2009

Pior que o roubo é recuperar os pertences

Por Marcelo Bastos

A ousadia dos bandidos já não é capaz de surpreender tanto assim quem lida com isso diariamente. Semana passada, três criminosos entraram num frescão que seguia do Engenho de Dentro para o Centro do Rio e fizeram a limpa em pelo menos 52 passageiros. Depois de trocarem tiros com PMs do 3º BPM (Méier) e serem presos, eles e o farto material apreendido foram levados para a 23ª DP (Méier). A ação do trio foi rápida, mas o tempo que essas 52 pessoas vão levar para separar o que é seu do que é dos outros na delegacia não deve ter sido tão curto, não. O vídeo abaixo mostra a enorme quantidade de objetos roubados: são bolsas, mochilas, carteiras, documentos, telefones, relógios, jóias, entre outros pertences, além da pistola usada no crime.


3 comentários:

  1. Poxaaa bem que eu poderia encontrar meus óculos de grau...é o que mais me faz falta! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Queria ver como se deu a separação das moedas. Alguém sabe me dizer?

    ResponderExcluir
  3. Mas foi exatamente por esses motivos que eu postei o vídeo. Como se a ousadia dos caras jão não fosse suficiente, né? Mas fiquei imaginando o perrengue para separar pertences de 52 vítimas...

    ResponderExcluir