domingo, 8 de março de 2009

PF apreende mais de 700 kg de pasta-base pura de cocaína em Rondônia


Na última sexta-feira, a Polícia Federal (PF) apreendeu 735 kg de pasta-base pura de cocaína na cidade de Machadinho do Oeste, em Rondônia. Os agentes estão investigando se a droga seria enviada para o Rio de Janeiro e São Paulo. No Rio, os traficantes já possuem refinarias nas favelas como também em cidades do interior para transformar a pasta em produto pronto para o consumo.

A pasta-base, avaliada em R$ 8 milhões, veio da Bolívia. Há informações de que um avião atirou a droga em pacotes em uma propriedade rural e a cocaína foi colocada em um caminhão Mercedes-Benz, que a transportaria para os grandes centros.

Por conta da Lei do Abate, o governo brasileiro tem a prerrogativa de abater todos os aviões suspeitos que adentrarem seu território. Entretanto, os traficantes encontraram uma maneira para driblar a lei. A droga costuma entrar no país via terrestre e, já dentro do Brasil, é transportada em aviões até determinados pontos, que servem de escoamento para os mercados consumidores do Rio e de São Paulo.

Na apreensão desta droga, foi preso um advogado e ex-policial militar, que fora expulso da corporação há uma década justamente por tráfico. Acima, foto do material apreendido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário