segunda-feira, 16 de março de 2009

PCC e CV tentam se infiltrar na Polícia Civil de Brasília

Há pouco mais de três anos, a polícia do Distrito Federal iniciou uma investigação em que se apontava que as facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV) estariam tentando se infiltrar em órgãos policiais e da Justiça.

Pois é, na semana passada, foi divulgado pela imprensa brasiliense que a Polícia Civil identificou que integrantes dos dois grupos estavam entre os inscritos no concurso público da Polícia Civil da capital do país. A prova foi realizada no último domingo e, devido a suspeita, a corporação mobilizou quase 1.200 policiais para os locais dos exames, tudo para tentar prender os suspeitos ou evitar que eles fizessem as provas.

O aparato surtiu efeito porque os policiais não conseguiram identificar nenhum dos acusados. As provas transcorreram naturalmente. O concurso tinha mais de 23 mil inscritos.

Em 2005, o delegado brasiliense Celso Ferro havia revelado que possuía gravações telefônicas que revelaram conversas entre integrantes de facções criminosas com uma quadrilha especializada em fraudar concursos públicos.

A julgar que, aqui no Rio de Janeiro, já foi comprovado várias vezes o envolvimento de policiais com facções criminosas e milícias, seria interessante realizar um monitoramento neste sentido.

Um comentário:

  1. essas facçoes so se mantem por causa desse paraguai q passa tudo

    ResponderExcluir