terça-feira, 10 de março de 2009

Militar rouba até algema de quartel

O Ministério Público Militar indiciou quatro marinheiros que atuavam na Base Naval de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. Eles são acusados do roubo de uma pistola, dois carregadores com dez projéteis cada, além de um par de algemas. A investigação começou no dia 10 de outubro do ano passado.

O inquérito, de número 1/09, está na 4ª auditoria no Rio e já foi pedido até mesmo a quebra do sigilo telefônico e bancário dos acusados.

O site do Superior Tribunal Militar (STM) http://www.stm.gov.br/ publica o andamento das investigações, como também os nomes dos investigados, mas não informa se eles estão detidos ou trabalhando normalmente.

Agora uma pergunta: roubar algemas de quartel, pra quê?

Nenhum comentário:

Postar um comentário