quinta-feira, 19 de março de 2009

Milícia tipo exportação

As milícias que amedrontam várias comunidades carentes no Rio de Janeiro, cobrando taxas de segurança aos moradores e explorando transporte alternativo, gás e gatonet, chegaram ao Nordeste brasileiro.

Esta semana a Polícia Federal (PF) desarticulou um grupo em Pernambuco que agia nos moldes dos grupos de milicianos do Rio de Janeiro. Comandada por um ex-vereador que tinha a ajuda de policiais civis e militares e ex-presidiários, a milícia tocava o terror nos bairros de Rio Doce e Jardim Atlântico, na histórica cidade de Olinda, famosa pelo seu Carnaval.

Os criminosos proibiam o tráfico de drogas e cobravam taxas de segurança semanais de R$ 50 a R$ 100 de comerciantes e R$ 10 de cada um dos moradores. Segundo os agentes federais, quem não pagasse, era vítima de furto ou assalto.

Foram presas 18 pessoas. Além de um ex-vereador, dois PMs e um comissário da Polícia Civil. O bando é acusado de pelo menos três homicídios e duas tentativas de assassinato.

O Brasil é formado por 27 unidades da federação. Se a moda pega...

Nenhum comentário:

Postar um comentário