quinta-feira, 12 de março de 2009

Fiscalização em albergues permanece no papel

Por Marcelo Bastos

Dizem por aí que o delegado Fernando Veloso (foto), titular da Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat) ainda meio chateado. Depois de receber a visita de aproximadamente 70 turistas assaltados durante o Carnaval, dos quais aproximadamente 50 referentes a dois ataques a albergues em Copacabana e na Lapa. Veloso aproveitou a ocasião para anunciar que colocaria em prática um projeto antigo, que não teve apoio do prefeito Cesar Maia, mas para o qual Eduardo Paes já teria dado o sinal verde.

Seria uma espécie de 'choque de ordem' em todos os albergues da cidade, estimados em aproximadamente 90. Segundo o delegado, muitos desses estabelecimentos não são licenciados e não estariam de acordo com diversas normas técnicas. Com esse tipo de fiscalização, ficaria a prefeitura, por meio da secretaria de Ordem Pública. O trabalho de Veloso e sua equipe seria fornecer informações sobre segurança, como procedimentos que deveriam ser adotados para dificultar a ação de bandidos, assim como aqueles que devem ser evitados. Seria feito ainda um cadastro desse tipo de estabelecimento e instalado sistema de comunicação direta com as polícias civil e militar.

A idéia é muito boa, mas não teria sido aprovada pelo governador Sérgio Cabral Filho, político que há muitos anos trouxe os 'Albergues da Juventude' para o Brasil. Por enquanto, tudo isso não passa de boato e especulação, mas certo é que até agora nada foi feito em relação aos albergues do Rio. E olha que o competente Veloso havia anunciado o início dos trabalhos para o mais rápido possível, assim que terminasse o Carnaval. É esperar pra ver.

2 comentários:

  1. A prefeitura está atuando sim. Me desculpe mas você está mal informado. Só no bairro de Botafogo ela já foi em nosso e em todos os meus vizinhos!
    Está finalmente tentando por ordem no barraco que é o Rio de Janeiro! Terra de ninguém!

    ResponderExcluir
  2. Eles podem até ter visitado o seu estabelecimento e os dos seus vizinhos, mas ainda não estão atuando da forma como anunciaram. Caso contrário, a prefeitura já teria feito avisado à imprensa para mostrar que está trabalhando, assim como nos informam quando vão derrubar um imóvel irregular ou quando vão tirar mendigos das ruas. Além disso, uma fiscalização mais ampla com presença da polícia ainda não aconteceu.

    De qualquer forma, é uma iniciativa positiva o fato ter visitado o seu imóvel e o de todos os seus vizinhos. Espero que visitem todos e fiscalizem, para, como você mesmo disse, acabar com a bagunça na cidade.

    ResponderExcluir